Volta às aulas: a adaptação das crianças em cada etapa

Padrão

shutterstock_19977838

Você acha que só quando o seu filho entra na escola pela primeira vez é que precisa de adaptação? Entenda, então, como cada marcos de passagem necessitam desse processo. Confira

* Educação Infantil (berçário e pré-escola) – Não ter os pais por perto pode gerar ansiedade. Por isso, o papel dos responsáveis é confortar as crianças, assegurando que a experiência será boa. Não se pode forçar nem ter pressa, dando o tempo necessário para que elas se soltem e se sintam mais confiantes.

*Ensino Fundamental 1 (1 ao 5 ano) – Os estudantes, em geral, passam a ter mais tempo em sala de aula e menos de recreio. Nesse caso, a criança precisa de auxílio para utilizar esse pouco tempo para comer, usar o banheiro e brincar. Ela também terá tarefas para casa com mais frequência. Por isso, os pais precisam ajudá-la a se organizar, estabelecendo, por exemplo, horários para a lição e um local para o estudo.

*Ensino Fundamental 2 (6 ao 9 ano) – O aluno precisa se adaptar a diversos professores, com suas características e seus estilos. Nessa hora, saber seguir a agenda pode dar segurança nessa organização, além de equilibrar o tempo entre estudo e lazer.

Fonte: Revista Crescer