Você já ouviu falar do Caremap?

Padrão

Boston Childrens Hospital Caremap

Idealizado pela Universidade Duke juntamente com o Hospital da Criança de Boston, esse aplicativo possui uma grande diferença quanto aos seus similares, Carekit e ResearchKit.
Disponível gratuitamente na App Store, para aparelhos com o iOS 9.3 ou superior, essa ferramenta é destinada a crianças que precisam de atenção diária. Indicado aos pais ou cuidadores da criança, inicialmente é necessário cadastrar um perfil do usuário contento suas informações necessárias como doenças, alergias, medicamentos, dicas, procedimentos médicos (cirurgias, hospitalização) e mais.
O aplicativo salva todas essas informações no aparelho. Segundo David Y. Ming, assessor Clínico do App, ele funciona como um organizador de dados clínicos relevantes da criança e destaca os objetivos gerais do tratamento. No panorama diário, há algumas informações que você pode coletar como: dores, humor, sono, exercício, nutrição, peso, convulsões, etc. Depois de ter preenchido todos os itens necessários, o coração que lhe mostra as atividades diárias ficará cheio, indicando que todas as tarefas de coleta de dados para aquele dia foram feitas — esse passo funciona como uma checklist, para você não se esquecer de verificar nada em relação à saúde do seu pequeno.
No momento nesse aplicativo só está disponível para cadastro de uma única criança. Mas, posteriormente os desenvolvedores trarão atualização par aumentar essa opção. Com isso, já facilita bastante para que os pais, responsáveis ou próprio usuário não precisem andar com consultas médicas e relatórios em mãos. Aproveite essa experiência!
*Com informações do Portal MacMagazine

Anúncios

Desfralde do bebê: Qual o tempo e a melhor maneira de fazer esse procedimento?

Padrão

bebe-de-fralda

Quando o bebê está crescendo e ganhando autonomia, o desfralde é o momento mais crucial para os pais. A “hora de largar a fralda” é o começo de uma série de ações que animam e preocupam os pais ao mesmo tempo. De acordo com os Pediatras, realizar esse processo no verão é o melhor momento porque a criança está usando menos roupas. Além disso, por causa do calor a criança perde muito liquido pela transpiração. Quando o bebê está crescendo e ganhando autonomia, o desfralde é o momento mais crucial para os pais. A “hora de largar a fralda” é o começo de uma série de ações que animam e preocupam os pais ao mesmo tempo. De acordo com os Pediatras, realizar esse processo no verão é o melhor momento porque a criança está usando menos roupas. Além disso, por causa do calor a criança perde muito liquido pela transpiração. Se você é mãe ou pai de primeira viagem, tenha paciência! Essa não é uma tarefa simples. Mas um pouco de carinho e compreensão é necessário. Você primeiro deve observar se seu filho está preparado para este momento. Como esse período é relativo, os pais ou responsáveis devem atentar-se aos sinais de prontidão. Esses sintomas podem ser físicos, cognitivos ou comportamentais.  Andar com firmeza é um sinal físico fundamental. Observar se a criança se incomoda quando está molhada de xixi ou suja de cocô também é outro ponto a ser considerado. Outros sinais é observar se o bebe demonstra interesse em usar calcinhas ou cuequinhas e se ele demonstra interesse quando os pais estão no banheiro. As crianças não se adaptam a mudanças repentinas. Portanto evite realizar o desfraldamento em prática com outras grandes mudanças como: mudar de casa, viajar, dentre outras possibilidades. Veja aqui outras dicas para ajudar nessa etapa:

1. A partir dos dois anos de idade, a criança pode ser estimulada a deixar as fraldas. Nessa idade a criança já tem condições de segurar a vontade e controlar os músculos e nervos do ânus e da uretra.

2. Como já foi dito, a melhor fase para fazer a transição é no verão, porque as crianças usam menos roupas, transpiram mais e diminuem o xixi.

3. É interessante observar pela manhã se a crianças acorda na maioria das vezes com a fralda toda seca. Quando isso acontece por noites seguidas está na hora de arriscar. Se a criança voltar a fazer xixi durante a noite pode voltar às fraldas e dê um tempo. E não ofereça líquidos antes de dormir.

4. É importante acordar e informar na escola sobre essa nova etapa na vida da criança. Esse diálogo é fundamental para o bom andamento da situação. Na creche a retirada da fralda é mais fácil porque a criança se espelha em outra, querendo igualar-se aos colegas. Converse coma professora!

5. Não recrimine nem demonstre frustração quando o xixi ou coco escapulir. A criança precisa de estímulos para a próxima vez. Quando ela acertar comemorações e elogios são muito bem-vindos!

6. Para facilitar essa transição, o Portal bebe.com.br elaborou um passo a passo que pode ser seguido antes do início desse processo:

1ª semana

Leve o pequeno ao banheiro a cada duas horas para fazer xixi. No caso do cocô, respeite os horários de costume. Espere sempre ao lado dele, sem apressá-lo, até que finalize a tarefa. Limpe-o e vista a cueca ou calcinha. Vale cantar parabéns e festejar as primeiras vezes do xixi e do cocô no peniquinho.

2ª semana

Continue levando a criança para fazer xixi e cocô, mas deixe-a sozinha no banheiro. Peça que chame quando tiver terminado. Recaídas são esperadas, jamais dê bronca. Em vez disso, diga coisas como: “Você fez xixi na calça, mas não tem problema. Dá próxima vez conseguirá chegar a tempo ao banheiro”.

3ª semana

Deixe a decisão de ir ao banheiro por conta da criança, mas pergunte se ela não está com vontade pelo menos umas quatro vezes ao dia. Atenção: quem limpa o pequeno são os pais, mas mostre a ele como se faz. Nunca se esqueça de apertar a descarga e lavar as mãos (as suas e as da criança) depois de usar o banheiro. A criança aprende com o exemplo.4ª semanaAgora não pergunte nem ofereça. Deixe que a criança vá ao banheiro por conta própria. Tenha paciência nessa hora.

Dicas para as crianças se divertirem na própria cidade

Padrão
4270670

Espaço Cultural UNIFOR

 

O período do recesso escolar está se aproximando. Infelizmente alguns pais não conseguem conciliar sua folga do trabalho neste período. Por isso, fica complicado fazer uma viagem longa com a família. Mas, nesse mês é possível programar várias atividades para as crianças fazerem em sua residência e marcar programas por diversos locais da sua cidade. Seja ao ar livre em parques ou ir ao shopping para brincar, e vale até conferir as novidades dos filmes em cartaz no cinema. O que as crianças querem é aproveitar! Uma boa alternativa também é procurar Colônias de Férias oferecidas em diversos locais de Fortaleza. O que não falta são atrações neste mês de Julho. Fuja das tecnologias e prepare uma programação bem diversificada para os pequenos. Veja a lista a seguir:O período do recesso escolar está se aproximando. Infelizmente alguns pais não conseguem conciliar sua folga do trabalho neste período. Por isso, fica complicado fazer uma viagem longa com a família. Mas, nesse mês é possível programar várias atividades para as crianças fazerem em sua residência e marcar programas por diversos locais da sua cidade. Seja ao ar livre em parques ou ir ao shopping para brincar, e vale até conferir as novidades dos filmes em cartaz no cinema. O que as crianças querem é aproveitar! Uma boa alternativa também é procurar Colônias de Férias oferecidas em diversos locais de Fortaleza. O que não falta são atrações neste mês de Julho. Fuja das tecnologias e prepare uma programação bem diversificada para os pequenos. Veja a lista a seguir:

1. Apresente os Museus e Espaços Culturais – em Fortaleza temos diversos espaços culturais: Museu do Ceará, Museu do Automóvel, Teatro José de Alencar, Museu da Fotografia, Espaço Cultural Unifor, Caixa Cultural, dentre outros. Durante o ano esses locais tem uma programação recheada de atividades, e, na maioria das vezes, as visitas são guiadas. Esse é um bom momento para apresentar a historia da cidade e as diversas formas de arte existente. Um bom momento de lazer e cultura para os pequenos.

2. Leve as crianças ao clube – Mesmo que você não seja sócio de nenhum local, há algumas opções de lazer que podem ser adquiridas na forma de diária. Nesses locais as piscinas infantis são dominadas pelas crianças e seus brinquedos. Além disso, o que não falta são espaços para jogar futebol e outras modalidades esportivas! Domingo é um ótimo dia para o Clube.

3. Visite os parques ou algum lugar verde – Leve seu filho para um passeio ao ar livre! Temos alguns parques no Estado, com trilhas e cachoeiras. Aproveite também este momento para montar brincadeiras no parque e andar de bicicleta. Mas, procure um local adequado e sem muito transito. Outra boa pedida no parque são os piqueniques!

4. Leve as crianças ao Zoológico! – No Zoológico Municipal Sargento Prata tem 140 animais de 40 espécies, com animais de maioria da fauna brasileira. O local está aberto a visitação de 9 às 16 horas. É uma ótima experiência para passeios em família! Além dessa opção, a cidade dispõe do Ecopoint, um Parque Ecológico privativo no Jóquei Clube, com diversas atividades e atrações artísticas.

5. Sessão cozinha das crianças – Essa é uma ótima opção recomendada pelos profissionais, pois além da criança se sentir fazendo parte da experiência, aproveita para provar novos sabores e integrá-los ao seu cardápio. Busque receitas voltadas para crianças. Assista vídeos e pegue receitas na internet. Elas irão adorar participar desse momento. A dica é para meninas e meninos também!

6. Leve as crianças para visitar os parentes – é importante que a criança tenha contato com outras pessoas da família. Avôs, avós, tios, tias, primos, irão adorar a visita e poderá resultar em brincadeiras e passeios incríveis.

7. Receba os coleguinhas ou familiares pequeninos em casa –  crianças adoram passar um período longo com outra criança. É bom para o desenvolvimento e estabelecimento de vínculos afetivos. Mas é necessário estabelecer regras para as brincadeiras e tempos específicos para as coisas. Os especialistas advertem que televisão, vídeos e jogos eletrônicos não podem ultrapassar três horas do dia.

8. Incentive a leitura, mesmo nas férias – Esse momento é de suma importância. Apesar de estar de recesso escolar, a criança está em constante desenvolvimento. Então, tudo é aprendizado. O hábito da leitura é importante, pois aumenta o vocabulário, auxilia na concentração, além de realizar diversos benefícios. Aproveite esse momento de lazer para visitar as livrarias e conferir as novidades infantis.